Follow by Email

segunda-feira, 25 de julho de 2011

Paisagem Urbana



Paisagem urbana
Veloz, cinética
Contra toda inércia
Absoluta e relativa

A luz irá fluorescer
Em plantas de concreto armado
Enxertadas nas praças
Refletindo rostos foscos
Propagando a imagem óptica
De vultos transformados

Paisagem urbana
Palco de tramas
Dramas subversivos
Dilemas reais

Espinhos e pétalas metálicas
Sangram e roubam ricos corações
Tornando-os vazios...

Paisagem urbana
Refez todo o passado
Reduzido em migalhas
Por um destino mesquinho
E desvairado

E a luz fluoresceu absoluta
Ofuscando os espinhos que sufocam
Refletindo rostos foscos
Propagando a imagem óptica

De vultos transformados

Nenhum comentário: